#3

pet-peeve

Pet peeves.

Depende muito do dia, as coisas que poderão me irritar. Há dias em que acho graça em tudo, tudo. Qualquer coisa se torna engraçada, até coisas ofensivas, pois há dias em que estou muito de boa, suave e cheia de paz. Em outros dias, qualquer coisa me irrita, até coisas super normais que em dias normais nem seriam notadas. E há os dias normais, que não sei definir. O que é normal? Estou mudando meu comportamento tanto que em um só dia passo por muitas oposições. Pensei em escrever sobre o geral, mas não há. De vez em quando tudo me irrita, de vez em quando tudo é aceitável, pois adoro analisar coisas.

water

Sobre as coisas bobas que me irritam:

1 – Barulho. É, pois é. Esses barulhos que são humanos, inerentes ao ser humano, mas que causam uma irritação meio louca em mim. Fico irritada e desconfortável. Arrotos, gritaria e estalos. Tem vezes que tento me controlar e digo que preciso ser mais tolerante, tem vezes que fico com muita raiva.

2 – Personalidade forte. Isso não é coisa pequena, muito pelo contrário. No entanto, uma das coisas que mais faço é me lembrar que quero ser tolerante, com isso mudo a perspectiva e vejo como algo divertido e cheio de porquês por trás. A personalidade mandona me irrita porque eu sou uma delas, então alguém mandar em mim é muito irritante. Sou eu que tomo decisões, aí ter outra pessoa fazendo isso é muito irritante. Como sempre, nem sempre é assim, pois há muitíssimos dias em que quero muito descançar e apenas ser levada pelo fluxo.

3 – Bagunça. Meu quarto não é exemplo de limpeza e organização, mas, quando ele não está organizado e limpo, eu fico irritada. É muito interessante porque apenas um ambiente arrumadinho já me deixa muito de boa, se arrumei meu quarto, quase certo que estarei muito feliz, se está uma bagunça, como quando estou com preguiça, é quase certo que estarei com raiva sem motivo (na verdade, o motivo é a desorganização). E isso é verdade para qualquer situação, fico irritada com gente bagunçando ou estando em casas bagunçadas. É muito irritante lugares bagunçados.

4 – Descaso. Isso não é algo pequeno, devo pensar em outra coisa.

4.1 – Cheiro de fritura. Não sei se é certo escrever cheiro, também não é fedor porque eu como fritura. O irritante é sentir esse cheiro, eu fico com raiva quando alguém frita algo. Adoro comer coisa assada porque eu posso fazer, também como coisas fritas, mas sempre feitas pelos outros. É confuso de entender, o caso é que odeio cheiro de coisa fritando, não é a fritura, mas o ato de fritar.

5 – Que as coisas não aconteçam como quero. Isso é a coisa mais sem noção do mundo porque estamos sujeitos a essa situação desde pequeninos. Esses dias li uma frase que dizia que “haverá um tempo em que as coisas não serão como queremos, mas como elas são”. Quando li, senti raiva da frase. Coisa boba ficar com raiva de uma frase! Minha mente guardou aquilo e ficou maquinando sobre. Logo eu que pensava que não era controladora! Vivendo e aprendendo.

atencao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s